Este blogue não adoPta o novo acordo ortográfico.

domingo, 25 de dezembro de 2016

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Entrada Oficial na Quadra Natalícia


Comecem a cantar ...


Estou oficialmente na quadra Natalícia. Com o espírito Natalício prestes a atingir os 500%, mas em pânico porque os miúdos ainda não "disseram ao Pai Natal" o que queriam e eu não sei o que lhes comprar. Porque é que eles não se decidem? Daqui a nada está tudo esgotado e as filas começam a crescer à medida que nos aproximamos do Natal e o Natal é dos pequenos, e também dos grandes mas pronto, e eu não tenho prendas para eles. Não tarda sai um par de meias e um chocolatinho para cada um e bem bom. 
O marido também não se descose com nada, se o ano passado tinha dois presentes para ele, este ano, nadita de nada e ainda por cima estou sem ideias. Ele tem tudo o que precisa e mais, mas mas tem que haver algo que eu lhe possa dar. Ou então mais um par de meias, ou um gorro e um cachecol bem quentinhos para passear o Zeus! Roupa não compro por norma, na pior das hipóteses uns acessórios mas evito, não tarda estão aí os saldos e eu vou sentir-me roubada se comprar agora. 
E é isto, estou feliz porque estamos quase no Natal, a minha época favorita, sobretudo nos anos pares, chez papá et maman, Ele vai ser arroz doce, rabanadas, bolo rei, sonhos, aletria, tronco de Natal, frutos secos que adoro directamente da Favorita do Bolhão. Sim, o melhor sítio na invicta para comprar frutos secos. 
Declaro oficialmente aberto o Natal na minha vida. Nas próximas duas semanas conto mimar muito os meus pequenos que estão de férias e levar o meu patudo a mais passeios quem sabe a ver a neve. Vou cozinhar, fazer experiências, se resultarem depois conto e dormir, sim dormir que ando com défice de sono. Por agora é tudo, até breve. Oh Oh Oh para todos.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Para as fadas mais desajeitadas (como eu!)

Para gáudio da pequenada o Natal está quase aí. A ansiedade é tanta que teimam em montar a árvore logo no primeiro dia de Dezembro ainda nós mães não estamos preparadas para tanta confusão. E assim somos obrigadas a entrar no espírito que por vezes tarda em aparecer. 
As ideias para decorar também não abundam e a vontade anda lá pelas ruas da amargura. A pensar nesse estado de ansiedade causado pela aproximação da quadra Natalícia que tem por vezes tanto de fantástica como de stressante andei pela net à procura de umas decorações fáceis e do tipo faça você mesmo, mesmo sem vontade e sem ter umas umas mãozinhas a quem tudo fica perfeito do tipo "até eu consigo fazer!". E não parecem difíceis e eu que até tenho duas mãos esquerdas para estas coisas (perdoem-me os canhotos, sem ofensa) devo conseguir, assim espero. Bora lá comprar mais umas bolas e pôr mãos à obra. Aqui ficam algumas sugestões, com velas, neve, bolas coloridas, mais uma coisa daqui e dali e algumas  trazidas da mata et voilá. Só coisas giras e fáceis como se quer. É aproveitar que nem sempre tenho tempo para procurar destas coisas. 
Se não sair assim tão bem relaxem, respirem fundo e divirtam-se, peçam ajuda à pequenada que eles gostam de "ajudar" e acham sempre tudo "UAU que lindo mamã" (é aproveitar enquanto a princesa não cresce, o príncipe acha tudo "eh"


terça-feira, 22 de novembro de 2016

Zeus

Zeus, com 2, 3 e 7 meses

Há seis meses atrás a casa encheu-se novamente de alegria com a chegada do nosso patudo. Nenhum irá substituir o nosso "primogénito", foi o nosso primeiro menino. Mas esta casa desde a partida do nosso peludo que não era a mesma coisa, os miúdos estavam com saudades do imperador Nero e nós para dizer a verdade também desesperávamos.
Pensamos muito no assunto, primeiro era ponto assente que não, acabaram-se os cães cá em casa e depois não conseguimos superar a ausência de um miúdo traquina de quatro patas cá por casa e decidimos que teríamos outro patudo.
Pesquisamos muito, lemos imenso sobre o assunto, não queríamos repetir os mesmos erros do passado.
É muito importante para além de escolher a raça que nos enche as medidas (cá em casa é o labrador) saber se estamos realmente dispostos a aumentar a família, é uma enorme responsabilidade adoptar um cachorro, abdicar de algumas coisas, as idas ao veterinário, a ração adequada, o amor e o carinho, os treinos, os passeios, as férias, as doenças e a velhice. Tudo faz parte, não há rosa sem espinhos e há o seu amor incondicional que nos faz esquecer todas as desvantagens. Como por exemplo ir passeá-lo depois do jantar com chuva e frio ou cair da cama ao fim de semana que o menino precisa de comida e passeio.
O criador é de suma importância, as condições em que os animais crescem dizem muito sobre este e os seus animais. Se têm um ambiente familiar ou vivem em jaulas, se têm espaço para brincadeiras, se as cadelas são cruzadas em todos os cios ou há um cuidado para que elas não tenham demasiadas ninhadas nem procriem por tempo indefinido. Um criador deve ter tempo para conversar com os futuros donos e ser capaz de dizer que não a um cliente que não lhe pareça adequado. Deve conhecer a raça em geral e cada um dos seus animais em particular. É um mundo complexo isto dos criadores e por vezes o preço fala mais alto, mas não devia, garanto por experiência própria que no futuro nos sairá muito caro, financeira mas sobretudo psicologicamente.
Encontramos a Herdade da Pateira e o Adão Lima e pronto a chama reacendeu e o patudo acabado de nascer ganhou de imediato uma nova família. Ainda tivemos que esperar oito longas semanas mas valeu a pena.
E eis que entrou nas nossas vidas o nosso pequeno Deus. Como todos os deuses tem as suas manias, é traquina, muitas vezes uma autêntica besta mas tem um coração do tamanho do mundo. É meigo, feliz e brincalhão, bruto por vezes é verdade, mas com o tempo ele está a aprender a ser mais comedido. Ele é lindo e enche os nossos dias de felicidade.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Festa de Aniversário - Sereias - O bolo

Estou a dever imensos posts a este blog. Uns estão um bocadinho escritos, outros não passaram de ideias que acabaram por não se concretizar. Mas há um que não posso deixar passar e que diz respeito à festa de aniversário da princesa, que acabou por não acontecer conforme previsto porque a cachopa resolveu fazer das dela e esta mãe teve que lhe aplicar o correctivo adequado.
Manteve-se o tema, só não engalanamos a casa para receber as meninas que ela queria convidar, apenas houve bolo no ATL, uma pequena comemoração com os padrinhos e avós e ficamos por aqui.
Espero que lhe tenha servido de emenda e que no próximo ano seja melhor. Assim espero!
Aqui fica a decoração dos dois bolos que fiz. Não houve inovação no que a massa de bolo e recheios diz respeito, limitei-me apenas a decorar os ditos. Este é o resultado que me parece bastante satisfatório. A princesa gostou do resultado e isso já me deixa satisfeita.



quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Festa de Aniversário - O Hobbit - O Bolo



Tenho que confessar que não andava muito inspirada para decorar bolos, nem com vontade de testar novas receitas, tanto que este ano para a festa de aniversário do meu príncipe usei receitas há muito testadas e aprovadas. Bolo mármore, Bolo de cenoura e bolo Shrek foram os eleitos para os bolos de aniversário.
Como cobertura, para além da pasta americana que permite trabalhos fantásticos usei também o muito apreciado creme de queijo e a cobertura de chocolate que uso no bolo de cenoura.
Depois, depois foi dar largas à imaginação, adicionar um pouco de corante em gel aqui e ali, umas gomas coloridas, reciclar alguns enfeites para bolos de festas idas e eis que até não me saí nada mal.
Este post está atrasado mais de meio ano, o miúdo já está mais perto do próximo aniversário do que do anterior! Mas lá diz a sabedoria popular, mais vale tarde do que nunca!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Viana do Castelo

Sou suspeita já que fala de Viana, mas este filme, "Portugal Expect the Unexpected - Viana do Castelo" ganha o prémio ART&TUR 2016. Por isso e por tudo o resto aqui fica. Vale a pena. Até dá vontade de lá dar um salto, não é verdade!

domingo, 30 de outubro de 2016

Um exemplo

Fiquei verdadeiramente surpreendida com esta decisão do casal Gates. Mas surpreendida pela positiva, que melhor pode um pai e uma mãe dar a um filho do que uma educação de elevada qualidade, para além de amor, carinho e regras. São tudo o que precisam para singrar na vida. Naturalmente que estas crianças não irão ficar pobrezinhas nem passar necessidades mas se querem ser ricos terão que fazer por isso.

Filhos de Bill Gates orgulhosos por ficarem sem fortuna do pai: A maior parte dos cerca de 75 mil milhões de euros de Bill Gates não ficarão para os seus três filhos quando morrer. E eles estão orgulhosos disso.

O relógio não pára tic tac tic tac ...


O Verão terminou o Outono já deu um ar da sua graça e não tarda estamos no Natal. Passou tanto tempo e a falta de tempo para aqui vir espreitar e deixar uma nota, uma foto ou uma receita. A falta de tempo para pintar, cozinhar, fazer bolos e bolinhos, encher a casa de cheiros, brincar, namorar, estar quieta e sossegada apenas. Sempre a correr, a pensar nisto e naquilo enquanto faço isto e mais aquilo. Correria infernal que nunca mais termina. 
Resumindo não tenho aparecido por aqui é certo, não que não goste, gosto muito, mas o tempo é padrasto, sem ofensa para os bons padrastos que os há com toda a certeza, mas o dia só tem 24 horas que não chegam para tudo. 
Dou por mim a dizer que agora vai ser diferente, agora é que é e tal e coisa e quando dou por ela há sempre alguém ou alguma coisa a importunar os meus planos, mais concretamente a arrasá-los por completo. 
Deixei de fazer planos, uma hora de cada vez e depois se verá. Mas detesto não fazer alguns planos, não peço planos anuais, mensais já era bom. Oh se era. 
Tenho algumas fotos para partilhar e uma receita ou outra que testei e até correu bem, mas falta o dito tempo. Mas eu volto, só não sei quando. Até lá.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Inspirações

O aniversário da princesa aproxima-se a passos largos e o tempo começa a ficar curto, muito curto. As férias também tardam em chegar o que também não ajuda. O tema já foi escolhido faz tempo, Sereias, condiz perfeitamente com ela e adequa-se à estação estival que atravessamos. Eu andei pela net à procura de inspiração e encontrei algumas coisas interessantes e deveras inspiradoras, desde os convites à decoração e não vou mencionar os bolos lindos que se fazem por este mundo fora.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Solstício de Verão


E chegou oficialmente o Verão. Bem vindo sejas, há muito que te esperava.
Este ano temos um Verão especial, curiosamente a entrada do solstício de Verão coincide com a lua cheia, e eis que surge a lua de morango, "strawberry moon". Este fenómeno só voltará a acontecer daqui a 70 anos e não me parece que alguns de nós estejamos por cá para desfrutar! 
Ide agora aproveitar a estação da melhor forma possível e como vos aprouver. Eu vou aproveitar para dar os parabéns à minha mãe adorada que hoje faz mais uma primavera. Parabéns para a minha mãe. Mais uns dias e vou poder dar-tos pessoalmente.

sábado, 18 de junho de 2016

Pérolas da "língua Portuguesa"

Sempre trabalhei em meio fabril, começou por ser uma opção a quando do ingresso no mercado de trabalho e depois um hábito. Uma fábrica é composta por e neste caso em particular, dezenas de pessoas, na sua maioria operadores fabris e alguns quadros médios e superiores. Nesta casa até um pouco mais do que alguns quadros superiores. Mas vamos ao que aqui me trouxe. Ao longo destes anos tenho reparado que a língua de Camões é diariamente mal tratada quer na comunicação social, no dia a dia e até nas escolas.
Poderão pensar que esta linguagem adaptada ocorrerá principalmente entre operadores mas enganem-se que ele há muito quadro superior a cometer verdadeiros atentados à língua portuguesa. Duas das últimas pérolas dos ditos quadros a que tive o privilégio de assistir e não resisto em partilhar rezam assim:  a "deteorização" do meio ambiente em que vivemos. Destaco também que teremos que ser mais precisos no registo e verificação da informação recolhida por causa da "tracebilidade". Não há palavras para definir tamanha atrocidade.
Claro que os operadores têm também os seus devaneios, como seja a possibilidade de adquirir um carro com tecto "panográmico" ou a possibilidade de haver situações em que "surge um encontramento". E mais não tenho por agora, vou prestar mais atenção e começar a tirar apontamentos não vão ser necessários para um futuro acordo ortográfico!

terça-feira, 31 de maio de 2016

"Havemos de ir a Viana"


Já é possível aceder ao programa para a maior romaria do país. Para que possam programar as férias ou uma escapadinha à mais bela cidade minhota, e aproveitar para entrar naquela que é "A Romaria" sei que sou suspeita mas não consigo conter-me, aqui fica o programa da Romaria da Sra d'Agonia
Programar com antecedência é a melhor opção, quem avisa amigo é.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

O Convite

Como vem sendo hábito nos últimos, digamos onze anos, Abril é altura de festejar o aniversário do nosso primogénito. Este ano o tema é o Hobbit. Para os fãs de Tolkien, como é o caso dos membros desta família, este tema é-nos muito querido. E não foi difícil planear a festa.
Há imensas coisas na web sobre o Hobbit, deixo alguns exemplos em baixo de possíveis convites.




Como queria reduzir o meu trabalho ao mínimo na elaboração dos convites, resolvi usar uma imagem como fundo, optei por uma a preto e branco para economizar nos tinteiros e este foi o resultado. 


Também fica muito bem usar uma folha de cor, por exemplo amarelo claro a imitar folhas antigas e apenas com uma caligrafia próxima da usada no filme imprimir, dá até 3 por folha A4, et voilá, depois é só cortar dobrar e entregar.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Felicidade é ...

A nossa cara metade dizer que a nossa casa não é a mesma sem um amigo de quatro patas e desde que o nosso Nero partiu havia um enorme vazio por preencher.
Ontem recebi uma notícia que me deixou numa felicidade só. 
Um destes bebés vai ser meu.
São ou não são lindos?


E mal posso esperar que chegue Junho para o poder ir buscar. A minha bolinha de pêlo.
Vai ser uma surpresa para os miúdos que não se cansam de pedir um cão.

terça-feira, 19 de abril de 2016

O meu menino


Hoje é um dia feliz e nostálgico. O meu menino faz doze primaveras, nasceu num dia como hoje, típico de Abril com sol e aguaceiros. O meu bebé quase careca de grandes olhos azuis, o mais lindo de que há memória. Tenho tantas saudades daquele cheiro a bebé gostoso, dos barulhinhos que fazia a dormir, parecia o arrulhar de uma pomba. 
Agora como ele gosta de dizer é um pré adolescente, e como esta mãe gosta de dizer lindo e teimoso. Gosta de ser senhor do seu nariz mas que não passa sem um colinho de mamã e sessões de beijos e mimos, mas só quando está para aí virado. Gosta de uma boa conversa na cama antes de dormir e se possível de um pouco de mamã até adormecer, foi sempre assim o meu menino. 
Este é o teu dia, parabéns meu amor.

quinta-feira, 24 de março de 2016

Páscoa feliz

Depois de ver a ficha de avaliação de Estudo do Meio da minha princesa fiquei a saber que os coelhos da Páscoa são ovíparos, fartam-se de pôr ovos por todo lado! 




Uma boa Páscoa, feliz e doce.

Um toque de Páscoa

Estamos na semana que antecede a Páscoa e ainda não tinha tido tempo para trazer algumas sugestões fáceis para dar um ar de Páscoa em casa, com pouco trabalho mas com estilo, pois o tempo escasseia.

Começo pelas tulipas que adoro de paixão e fazem-me sempre lembrar Páscoa ...


... e termino com os ovos, porque sem eles não parece Páscoa.


Pela Paz

Morte, sofrimento, tristeza, medo, revolta, é nisto que dá o fundamentalismo.



Sejamos antes pela Paz, pelo respeito, pela liberdade, pela democracia e acima de tudo pela vida.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Dia do pai ...


... são todos os dias, como o são o dia da mãe, da criança ou dos avós. Para mim o dia 19 de Março é muito mais que dia do pai, é o dia em que o meu pai e a minha mãe disseram "Sim, até que a morte nos separe", este é o principal motivo para que este seja um dia especial. 
Se estou com ele um beijo e um abraço, muitas vezes sem palavras, são presente que baste. Para ele ver um sorriso nos olhos das filhas é razão suficiente para estar feliz. E nós ficamos felizes por o ver feliz. Porque ele merece e porque é sem a menor sombra de dúvida o melhor pai do mundo, a minha âncora, o meu apoio, o meu conselheiro o meu tudo.
E agora que passei para o lado dos pais e não sou apenas a filha, posso dizer que os meus filhos estarão eternamente gratos a esta mãe por lhes ter dado também o melhor pai do mundo, saiu-nos a sorte grande.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Num piscar de olhos


E Fevereiro passou a correr sem deixar saudade e sem um único post. Foi um mês alucinante, com muitas horas de trabalho, muitas preocupações, viagens e o desaparecimento do passaporte na véspera do embarque and so ion and so ion. Foi um mês infernal. No fim até que correu bem considerando todos os stresses. Passou o dia dos namorados e eu quase nem dava por isso não fosse o meu amor ser a pessoa fantástica que é.
E eis que num abrir e fechar de olhos estamos em Março, já há narcisos e frésias no meu jardim. Já os havia em Fevereiro mas quase que me passavam despercebidos, agora estão mais brilhantes, deve ser do sol!
Queria iniciar um projecto em tricot, em Janeiro comprei a lã mas este teima em não se iniciar, é como o TGV, tarda em sair do papel.
Apesar de tudo indicar que o trabalho não se vai reduzir tanto quanto eu gostaria pode ser que haja mais tempo para bolos, bolinhos, bolachas e biscoitos, aulas de pintura e muitos trabalhos, estão três na forja mas que tardam em sair. Eram e ainda são para o dia do pai e o dia da mãe, estão é ainda um bocado atrasados,o mais certo é que sejam para o dia tal quando eu os acabar. Parece-me que vão ficar espantásticos, mas isto sou eu, e estarei talvez a exagerar.
E é isto, planos tenho muitos, tempo, muito pouco, vontade uns dias mais do que outros. Ele há dias que eu gostava de ser mãe a tempo inteiro e outros que nem por isso, resumindo, sou mulher, nunca estou satisfeita mas sou feliz.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Cuidado com o que desejas ...


Esta máxima aplica-se literalmente à minha pessoa. Ainda no início do ano pensava eu, de mim para mim sem nunca verbalizar o que me ía na mente, que já não viajava há algum tempo que estava a precisar de fazer um trabalhito fora do país assim para sacudir o pó e o comodismo que se instalara no meu dia a dia. 
Na mesma semana dos ditos pensamentos pecaminosos, tive a notícia que ao fim de tantos anos uns senhores me iriam fazer uma visita, e esta não seria de cortesia não senhor. Vão espremer-me até ao tutano com perguntas e mais perguntas, papéis para a frente e para trás e mais não sei o quê. A auditoria que todos temíamos mas rezávamos que fosse adiada ad eternum foi marcada assim de um momento para o outro com pouco mais de um mês de antecedência. Pior foi a auditoria surpresa feita na sede da empresa que segundo diz o meu chefe adorado, foi e cito "quite challenging". 
Resumindo, em poucos dias estava de viagem marcada para terras do tio Sam para preparar da melhor maneira possível a dita auditoria e com uma lista infindável de coisas para fazer até lá, lá e com certeza que trarei uma lista ainda maior de coisas para fazer quando voltar.
Terei que me flagelar assim que tiver um pouco de tempo disponível para que no futuro não volte a ter mais pensamentos pecaminosos.
E é isto. Estou a stressar e ao mesmo tempo em êxtase com a perspectiva de dias diferentes e desafiadores. Eu nunca aprendo.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Girassóis

Girassóis em acrílico
Há muito que a minha mana me pedia uma tela para a cozinha de maneira a alegrar o espaço que é um pouco sombrio. Esperei que me dissesse o que queria, e esperei, e esperei e desisti de esperar e decidi eu mesma o que iria fazer. A cozinha é em tons cinza e nada melhor que uns girassóis para colorir e dar luz ao espaço.
E segundo consta fica mesmo bem, ainda não tive oportunidade de confirmar mas acredito que sim. E assim mais uma tela como presente a deixar uma aniversariante feliz.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

O meu filho de quatro patas

Pintura Óleo
O ano que terminou foi marcado pela perda do nosso animal de estimação, o labrador mais espectacular de sempre, amigo, companheiro, membro da família. Ficou um vazio enorme, incomensurável. São tantas as saudades que ele nos deixou que resolvi presentear este Natal a minha cara metade com um óleo do meu, nosso, cão amado. É uma forma de o ter sempre presente de o celebrar e agradecer a alegria que nos trouxe ao longo destes quase catorze anos.
Para mim serviu também para interiorizar a perda e aceitá-la como parte da vida mesmo que ainda seja doloroso. Sempre que o olho abate-se sobre mim uma saudade tão, mas tão grande, fazes-me falta meu querido.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Feliz 2016


2015 passou a correr, teve coisas boas e outras menos boas, sorrisos e algumas lágrimas, algum desânimo e por vezes muito ânimo. Dias bons e outros assim assim e até um ou outro mesmo mau, mas passou finito.
Agora um novo ano está outra vez aí a começar e espera-se que seja muito bom, melhor que o anterior não vou ser hipócrita, com saúde, muita, muitos sorrisos e gargalhadas até às lágrimas, lágrimas de alegria e das outras um quase nada se lá tiver que ser. Muitos beijos e abraços dos que amo, e dizer-lhes muitas vezes, "já disse que te amo hoje?", para que nunca esqueçam o quanto os amo. Espera-se uma dose maior de paciência que há dias em que não abunda e muito tempo passado com os amores da minha vida, os quatro a viver muito felizes, como diz a minha princesa, felizes para sempre.
Mais dias, horas ou até minutos com os amigos que os afazeres da vida nos deixam ver tão pouco.
E para terminar mais uma coisinha pequena, mais horas diárias de sono. Só de pensar no que me espera já estou cansada e os dias de levantar cedo, muito cedo ainda agora estão a começar.
A todos os que por aqui passam um bom ano, cheio de coisas muito boas. Feliz 2016.