Este blogue não adoPta o novo acordo ortográfico.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Combinação perfeita

Há uns anos atrás descobri umas bolachas de nome peculiar, bolachas de Araruta. Eram mencionadas como acompanhamento de patê de atum. São carotas, mas a combinação é perfeita. Na comunhão do meu pequeno fiz como entrada patê de atum, que normalmente faz as delícias dos mais pequenos. Desta vez, servi-o com as ditas bolachas em vez das tostas minigrill, assim pró fino e requintado e acima de tudo delicioso. As bolachas são óptimas, com ou sem patê!

Agora um pouco de informação sobre a Araruta directamente da wiki.

A araruta é uma planta originária das regiões tropicais da América do Sul. Estudos arqueológicos mostram evidências do cultivo da araruta nas Américas há, pelo menos, 7000 anos.
Segundo a sabedoria popular, a araruta tem vários usos medicinais, mas é na culinária que o uso desta planta se destaca, recomendada para pessoas com restrições alimentares ao glutén (doença celíaca). Considerada como alimento de fácil digestão, a fécula da araruta é usada na preparação de mingaus, bolos e biscoitos. Por isso , é indicada para idosos, crianças pequenas e pessoas com debilidade física ou doentes em recuperação. Também se pode produzir papel com a araruta. 

Patê de atum

Ingredientes
  • 2 latas de atum de boa qualidade
  • 1 ovo cozido picado
  • 1 colher de sopa de Ketchup
  • Maionese Calvé q.b
  • Salsa picada
  • Cebola picada finamente

Preparação

Escorrer o atum e desfazer o atum com um garfo. 
Adicionar a cebola, o ovo e a salsa e misturar bem.
Por fim colocar a maionese e o ketchup e misturar bem.
Pode decorar-se com umas folhinhas de salsa e acompanha com bolachas de araruta.

Sem comentários:

Enviar um comentário